Opinião
Últimas

A importância da Vacinação contra a Gripe – Por Dr. Delfim Teixeira

Com a chegada do Inverno é expectável o aumento das doenças respiratórias, sendo a gripe uma das mais comuns. A gripe é uma infecção causada por vários vírus que estão em constante alteração e a transmissão ocorre por inalação de gotículas provenientes da tosse ou dos espirros de uma pessoa infetada ou pelo contacto direto com as secreções nasais da pessoa infetada. Muitas vezes começa a manifestar-se com arrepios, seguidos de febre, dores musculares, dor de cabeça, dor de garganta, tosse, corrimento nasal e mal-estar geral.

A melhor maneira de evitar esta doença é através da vacinação anual contra a gripe. A composição desta vacina é revista anualmente e adaptada de acordo com os vírus da gripe que estão em maior circulação nesse ano. Normalmente as vacinas da gripe protegem contra 3 ou 4 estirpes de vírus.

É muito provável que durante o outono e o inverno os vírus causadores da gripe e o vírus que causa a Covid-19 estejam ambos em circulação na comunidade. Neste sentido, a vacina contra a gripe será mais importante que nunca, principalmente para as pessoas que são consideradas grupos de maior risco, nomeadamente:

 – Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos;
 – Doentes crónicos e/ou imunodeprimidos, com 6 ou mais meses de idade;
 – Grávidas;
 – Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados de saúde;

Recomenda-se também a vacinação das pessoas com idade entre os 60 e os 64
anos. A vacina deve ser administrada durante o outono/inverno, de preferência até ao
fim do ano civil.

Importa referir que a vacina da gripe não irá proteger contra a Covid-19, contudo esta vacina tem muitos outros benefícios importantes: tem demonstrado reduzir a gravidade da doença causada pela gripe, o risco hospitalizações e também a mortalidade associada. Além de diminuir o risco de gripe, irá diminuir a necessidade da procura dos cuidados hospitalares e, desta forma, diminuir o risco de contágio por Covid-19, por exemplo, durante uma ida aos Serviços de Urgência.

No actual contexto de pandemia Covid-19, tiveram de ser tomadas medidas excecionais no âmbito da vacinação gratuita contra a gripe, nomeadamente o início mais precoce em relação aos anos anteriores.

A partir do dia 19/10/2020 (2ª feira), das 9h às 13h e das 14h às 18h, as pessoas com mais de 65 anos, os doentes crónicos e/ou imunodeprimidos e as grávidas podem vacinar-se gratuitamente na USF João Semana. Podem dirigir-se directamente à USF sem marcação ou, preferencialmente, agendar previamente através
do Telefone 256 590 050 ou do e-mail usf.joaosemana@arscentro.min-saúde.pt.

Para as pessoas não abrangidas pela vacinação gratuita, a vacina é dispensada nas farmácias através de prescrição médica, com comparticipação de 37%, tendo um custo para o utente de aproximadamente 6.84€.

De salientar que 1 em cada 10 pessoas após a vacinação desenvolvem sintomas semelhantes aos da gripe, principalmente aquelas que são vacinadas pela primeira vez, devido apenas à reação do nosso sistema imunológico. Todavia, a vacina contra a gripe não contém vírus vivos, pelo que não pode provocar a doença. Existem outras infeções respiratórias virais para as quais não há vacina e que mesmo as pessoas vacinadas
contra a gripe podem contrair e, assim, desenvolver sintomas respiratórios idênticos.

Se tiver dúvidas não hesite em contactar o seu Médico ou Enfermeiro de Família e lembre-se: proteja-se, por si e pelos outros.

Delfim Teixeira
Médico Interno
USF João Semana

Artigos relacionados

Deixe uma resposta