Covid-19

“A máscara é uma medida adicional, não nos dá imunidade”, avisa DGS

A directora-geral de Saúde reafirmou este sábado que as pessoas não devem juntar-se, mesmo que estejam a usar máscara.

Na segunda conferência do dia, Graça Freitas recordou que o uso da máscara é apenas uma medida adicional, que ajuda a proteger da Covid-19, mas que não confere imunidade.

“A máscara é uma medida adicional, ajuda a proteger, é um método de barreira, mas não nos dá imunidade”, vincou a responsável. Se assim fosse, se a máscara protegesse a 100% do contágio, “o assunto do mundo estava resolvido”, acrescentou ainda, reforçando o apelo ao comportamento das pessoas.

“Seja em festas, em raves ou em ajuntamentos no exterior, não nos podemos juntar, mesmo com máscara”, alertou Graça Freitas, comentando as imagens das manifestações realizadas em Lisboa.

O uso de máscara, recorde-se, é obrigatório em espaços fechados e nos transportes públicos, devendo higienizar-se as mãos cada vez que se coloca e que se retira este equipamento do face.

De acordo com o último boletim epidemiológico, Portugal contabiliza, com mais 382 casos, um total de 34.351 infectados e de 1.474 óbitos (9 dos quais registados nas últimas 24 horas). Dos novos casos, 90% dizem respeito a Lisboa e Vale do Tejo. De salientar que mais de 60% das pessoas que testaram positivo para a Covid-19 em Portugal desde o início da pandemia já estão recuperadas

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo