Covid-19

ASAE instaura 38 processos em estabelecimentos de restauração e bebidas

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou, na noite de ontem, uma Operação de Fiscalização direccionada a estabelecimentos de restauração e bebidas, tendo como principal objectivo fiscalizar o cumprimento das regras aplicáveis no actual contexto da pandemia da doença do covid-19, pretendendo ser um impulsionador para que as regras estabelecidas no plano de desconfinamento sejam cumpridas.

As acções que decorreram nas cidades de Ovar, Ponte de Lima, Vila Real, Águeda, Albergaria-a-Velha, Oliveira do Bairro, Castelo Branco, Nazaré, Quarteira, Vilamoura e Albufeira com a colaboração da Polícia de Segurança Pública e da Guarda Nacional Republicana.

Como principais resultados da acção destaca-se a fiscalização de 163 operadores económicos, tendo sido instaurados 38 processos de contraordenação, relacionados com incumprimento das regras estabelecidas em contexto de pandemia – 19 por falta de observância do dever de apresentação e detenção de certificado digital ou testes COVID por parte de clientes, 3 por falta de observância do dever de solicitação e verificação, por parte dos responsáveis de estabelecimentos, do certificado digital ou testes COVID, 6 por inobservância das regras de funcionamento dos estabelecimentos de restauração e similares, 2 por falta de observância das regras de ocupação, de lotação, de permanência e distanciamento físico e 1 pela venda de álcool a menores.

Foram ainda suspensos temporariamente 5 estabelecimentos por incumprimento das regras estabelecidas.

A ASAE continuará a desenvolver acções de fiscalização, no âmbito das suas competências, em todo o território nacional, em prol de uma sã e leal concorrência entre operadores económicos, na salvaguarda da segurança alimentar bem como para garantia do cumprimento das regras de saúde pública determinadas pela situação pandémica.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo