Covid-19

Atletismo: Valdágua mostrou credenciais em Braga

Um equipa de 9 elementos da secção de atletismo da Associação Cultural e Recreativa de Valdágua, esteve, no último fim de semana do ano, na pista coberta de Braga, a disputar 2 torneios organizados pela Associação de Atletismo da cidade dos arcebispos. 

refira-se que, em Portugal, há 3 pistas cobertas completas. Uma delas está sediada em Espinho, mas pela segunda época consecutiva não será utilizada. Assim, os clubes têm de se deslocar a Braga ou a Pombal, para poderem competir em pista coberta onerando os seus orçamentos. "Isto para não falar nos prejuízos técnicos derivados da impossibilidade de utilização da pista de Espinho para alguns treinos semanais específicos", refere o clube valeguense, em comunicado.

Mencionamos a seguir os melhores resultados obtidos pelos atletas valdaguenses: Rosário Silva juvenil venceu o lançamento de peso de 3 kg com 11,80m, que é mínimo de participação no campeonato nacional de juniores de pista coberta. 

Laura Regalado, iniciada, venceu os 800M com um bom “crono” de 2min e 28,41seg e foi a 3ª nos 1000M com novo recorde pessoal, 3min 10,50seg. 

Tomás Silva, iniciado, também evoluiu nos 800M. Foi o 3º com 2min e 13,50seg. Tomás ainda participou nos 1000M e foi o 4º com 2min e 50,14seg. Mariana Conde, juvenil, correu os 60M em 8,54seg, novo máximo pessoal, saltou 1,45m em altura, correu os 200M e saltou em comprimento. O benjamim Pedro Pinheiro venceu o lançamento de peso de 2kg e evoluiu para 8,54m e correu os 60M. 

Fábio Fonseca, sub-23, melhorou a sua marca de pista coberta nos 1500M e ficou próximo do seu melhor resultado nos 800M. Renato Pereira, iniciado, correu os 1000M muito próximo do seu melhor e os 200M pela primeira vez. 

No domingo, dia 29 de dezembro, no torneio de Natal em Aveiro, na pista da universidade, a saltadora sub-23 Teresa Paulo correu os 100M com barreiras.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo