Covid-19

Banda Filarmónica Ovarense ao "Mais Alto Nível

No passado domingo dia 17 de Novembro, a Banda Filarmónica Ovarense, participou na 1ª edição do III Ciclo do Festival de Bandas Filarmónicas, denominado “Filarmonia ao Mais Alto Nível”, produzido pela empresa “Cardoso & Conceição”.

O evento realizou-se no Grande Auditório do Europarque, em Santa Maria da Feira, e dos agrupamentos participantes constaram também, a Banda Musical de Loivos, Banda Musical de São Tiago de Silvalde, Banda Musical de Souto, e o Ensemble de Fagotes da classe do Prof. Kesteman, do ESMAE.

A Banda Filarmónica Ovarense abriu o seu concerto com a Marcha de Concerto 'Encantos Sabrosis', em homenagem ao compositor português, Alexandre Fonseca. Seguidamente interpretou, de Rafael Méndez, o Passodoble Plegaria Taurina, com o trompetista Vitor Granja a 

colo; de James Barnes 'Appalachian Overture; de Astor Piazzolla o Tango 'Oblivion', interpretado no acordeão por Ricardo Rodrigues e coreografado pelas Sonhos de Violeta; seguiu-se o tema Amor a Portugal, na voz de Laura Santos, e acompanhamento ao piano pela Professora Irene Silva; e terminou com o calor do samba, com o tema Caravan, com a participação da Escola de Samba Costa de Prata.

A coordenação do evento, bem como direção do concerto esteve a cargo Maestro Ascendino Silva, Diretor Artístico da Banda Filarmónica Ovarense.

A sala encontrava-se praticamente esgotada, sendo que a julgar pelos aplausos, a atuação da Banda Ovarense com os seus convidados, foi emocionante, trazendo um carater 
completamente diferente do que é a realidade, aparentemente conhecida, das Bandas Filarmónicas.

De acordo com o presidente da Banda, Alcino Andrade, “confere um enorme privilégio à Banda 

Filarmónica Ovarense participar neste evento, considerando-o um dos momentos mais importantes do seu Bicentenário Historial.” No concerto, entre outras individualidades estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, acompanhado do Vereador da Cultura, Alexandre Rosas. (Fotos gentilmente cedidas por Miguel Vieira Pinto)

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Leia também

Close