Covid-19

BE alerta para necessidade de obras de desassoreamento

O BE foi alertado por um grupo de moradores da Ribeira para a ausência de sistemas de drenagem no Cais da Ribeira e entre este e a Foz do Rio Cáster que garantam o escoamento das águas nas terras ao longo das margens do Rio Cáster e a Ria.  

"Tratando-se de sistemas de drenagem já muito antigos e fundamentais nestas terras da frente lagunar, não se compreende por isso mesmo que os projetos de intervenção da Polis não tenham tido em linha de conta, não só o melhoramento dos existentes, mas ainda o seu reforço, para melhor garantir a estabilidade do próprio acesso que está a ser construído entre o Cais da Ribeira e a Foz do Rio Cáster", critica o BE, em comunicado.

Os moradores da Ribeira já disponibilizaram um conjunto de sugestões e reivindicações para a valorização das obras em curso e dos investimentos públicos e comunitários inerentes.

Os moradores creem que "o desassoreamento, uma das mais antigas reivindicações para a navegabilidade do canal, pode não acontecer, deixando uma obra não só incompleta, mas lamentavelmente desvalorizada por uma intervenção sem coerência na reclamada valorização de um espaço na sua componente ambiental e do património cultural".

Os autarcas do BE na Assembleia Municipal (José Lopes) e na Assembleia de Freguesia da União das Freguesias de Arada, Ovar, São João e S. Vicente de Pereira Jusã (Ismael Varanda), já manifestaram estas preocupações através de requerimento.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo