Covid-19

BE: Catarina Martins debateu Orçamento de Estado

Catarina Martins esteve em Ovar para uma conversa com militantes e simpatizantes centrada em três grandes temas, "o orçamento e reforma do estado, a emergência que é derrubar este governo e afirmar a alternativa de Esquerda e o papel de Portugal na Europa".

Falando na sede do BE em Ovar, a coordenadora do Bloco reafirmou que "o próximo ciclo recessivo vai acontecer já no próximo ano face à enorme quebra de rendimento das pensões e salários sobretudo na função pública, pondo portugueses contra portugueses utilizando a ilegalidade para esse efeito".

Ao falar do Tribunal Constitucional considerou que a "irresponsabilidade do Presidente da República em não pedir a fiscalização preventiva vai fazer com que país viva uma vez mais numa espera que desespera, até a decisão do tribunal".

Sendo unânime que é necessário preservar salários e pensões e a salvação dos serviços públicos é preciso crescer economicamente. E aí, lembrou, "o Bloco apresentou pelo segundo ano consecutivo um programa de reindustrialização e uma reforma fiscal que possa garantir o seu financiamento, que mais uma vez PSD e CDS fizeram ouvidos de mercador".

Por fim a coordenadora do Bloco falou sobre "a resistência e uma necessidade de contra ataque ao governo" que pode passar pelas manifestações e "que esta dinâmica terá que crescer e o país vai ter que se levantar porque quanto mais tarde pior".

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo