Covid-19

Capitania proíbe actividade no Cais da Ribeira

A Capitania do Porto de Aveiro proibe, a partir de hoje, a utilização do cais da Ribeira de Ovar, por pessoas e embarcações. Em causa está a empreitada de Reordenamento e Qualificação da Frente Lagunar de Ovar cujos trabalhos se iniciarão hoje na Praia do Areinho, Cais da Ribeira e Foz do Rio Cáster, em Ovar.

O Capitão do Porto de Aveiro, Luciano dos Santos Oliveira, informa que a medida "tem em vista salvaguardar a segurança de pessoas e embarcações, por motivo das obras em curso". Assim, continua, "a utilização dos locais indicados, junto ao Cais da Ribeira, encontra-se interdita durante o período de duração da intervenção, que se estima termine no final de Fevereiro de 2014".

Por este motivo, a partir de hoje e até ao fim daquele prazo, deverão ser retiradas todas as embarcações que se encontram estacionadas junto ao Cais da Ribeira e acostadas em espaço alternativo e provisório.

As obras de reordenamento da frente lagunar de Ovar já foram adjudicadas pelo Polis da Ria, a sociedade responsável pelo programa de requalificação da zona ribeirinha da região de Aveiro e significam um investimento de 440 mil euros para concluir em 120 dias. 
Ainda em Ovar, foi adjudicado o reordenamento da frente lagunar na Azurreira, por 331 mil euros e decorrem os trabalhos da empreitada de Reordenamento e Qualificação da Frente Lagunar de Ovar na Praia da Azurreira e no Cais do Carregal.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo