LocalSlider

“Carrinhos de choque” dão ar de festa ao Furadouro

Os empresários itinerantes de diversão aplaudem o voto de confiança que várias autarquias do país estão a depositar no sector. É que apesar de o Governo ter autorizado, em Julho, o funcionamento de carrosséis após o confinamento provocado pela pandemia, há municípios a resistir, o que lhes está a dificultar a vida.

Mesmo assim, um pouco por todo o país estão a abrir parques de diversões (Figueira da Foz, Viseu e Lagos, por exemplo). Na praia do Furadouro, em Ovar, acaba de instalar-se uma pista de carros de choque, conferindo um ar de festa à praia e antecipando memórias das Festas do Mar que deveriam decorrer em setembro. José Henrique Silva, responsável da Comissão de Amigos do Furadouro, entidade que organiza os festejos, informa que os “carrinhos de choque estão em terreno da Câmara Municipal de Ovar e com sua autorização”.

Sobre a realização das Festas do Mar do Furadouro, o dirigente já foi informado pela autarquia “que devido à situação sanitária não é possível fazer a romaria este ano”.

José Henrique Silva está, no entanto, a planear tentar fazer algo, “nem que seja menos, mas algo que marque a data”. A parte religiosa é uma das que poderá realizar-se, desde que salvaguardados as regras da DGS. “Já dei a sugestão à Igreja para ao menos tirarem a procissão com os dois Padroeiros (Sr. e Sra. da Piedade) em carrinhas, visto que não é possível sair a pé por causa das normas de segurança”.

“Estamos a aguardar respostas tanto da Igreja como da Câmara”, conclui.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta