Covid-19

CDU denuncia problemas no acesso ao saneamento em Gondezende

Quase 40 anos depois do 25 de Abril a localidade de Gondozende, na freguesia de Esmoriz, foi finalmente contemplada – e bem – com as obras de saneamento há muito reclamadas pela população". Começa assim o comunicado da CDU, criticando logo depois que, "em 2011, se procedeu à substituição de todo o pavimento da Rua de Gondezende, uma obra que deveria ter sido realizada ao memo tempo que as obras de saneamento, poupando dinheiro e incómodo aos munícipes".

A obra actual é parte da empreitada “Rede de Saneamento de Águas Residuais de Ovar/S. João e Esmoriz/Cortegaça”, da responsabilidade da AdRA, anunciada há cerca de um ano com um investimento de 7 milhões de euros, vindo a ser finalmente adjudicada por cerca de 4 milhões de euros.

No entanto, denuncia o PCP, "a população de Gondezende rapidamente se apercebeu das graves insuficiências destas obras de saneamento". Segundo os moradores ouvidos pelo partodo, "estas apenas contemplam uma pequena parte da localidade, limitando-se à Rua de Gondezende e a algumas laterais a oriente. Toda a zona poente, incluindo as habitações e a pequena zona industrial, fica privada da infra-estrutura".

Mas os problemas não acabam aqui: "Mesmo nas ruas intervencionadas, como sejam as Ruas Senhor das Febres ou Rua Mestra Fiorentina, o saneamento está a ser colocado de forma incompleta, terminando de forma aparentemente abrupta e arbitrária a meio dos trajectos". "Se somarmos a isto ao facto de apenas estarem isentas as ligações à rede que não excedam os 20m, facilmente se percebe a arbitrariedade com que estão a ser tratados os moradores, nomeadamente aqueles que tiveram o azar de viver a mais de 20m do término da rede".

Perante estes factos, e a pedido dos moradores, uma delegação do PCP, que incluiu a presença do seu deputado municipal, Miguel Jeri, deslocou-se no passado sábado a Gondezende. Constatando os factos, o PCP comprometeu-se a colocar este problema na última Assembleia Municipal, na qual obteve alguns esclarecimentos, e a questionar a Câmara através de um requerimento escrito, solicitando informações adicionais. 

O PCP compromete-se a pugnar pela conclusão de saneamento da localidade de Gondezende em condições de igualdade de acesso a todos os moradores.

Por fim, o PCP assinala que o saneamento é uma responsabilidade das Câmaras Municipais, e que esta devem dotar-se de meios de fiscalizar as obras de forma a evitar arbitrariedades desta natureza. Não pode igualmente deixar de assinalar que a inadequação desta obra decorre, entre outras coisas, da concessão do saneamento à AdRA, uma entidade externa longe da realidade e dos problemas dos munícipes.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta