OpiniãoSlider

Celebração do 110º aniversário da Alcobre – Por Luís Almeida

A Alcobre tem 110 anos de uma maravilhosa história.
Quando foi constituída, foi com o propósito de utilizar o conhecimento na área têxtil
do seu proprietário e aplicá-lo ao isolamento de condutores de cobre, tendo em conta
a necessidade existente no mercado elétrico doméstico local. Não tendo sido ele
apenas a aproveitar esta oportunidade, foi o único a sobreviver, quando quase todos
os daquele período, desapareceram.

Provavelmente terá sobrevivido todos estes anos, mais por sorte do que por
estratégia.
A sua excelente localização inicial, no centro do Porto, e posteriormente os planos de
industrialização no concelho de Ovar, trouxeram a empresa até ao seu atual
posicionamento.

A estratégia de expansão europeia planeada pelo Grupo Aberdare / Altron, trouxe
equipamento e sustentabilidade, a uma cada vez maior competitividade no mercado.
Mas a dimensão da Alcobre era um risco. Sendo o menor produtor de cabos em
Portugal, tinha uma influência limitada no mercado e pouca capacidade de negociação
na compra.

Contra todas as probabilidades, a Alcobre alcançou sustentabilidade, credibilidade e
uma excelente imagem, devido à qualidade e confiabilidade nas entregas.
Acredito que foi um trabalho de amor e de dedicação da sua equipa, a qual fazendo
parte da comunidade dinâmica e empreendedora de Ovar, conseguiu ultrapassar os
períodos mais críticos.
Mas todos sabíamos que o tamanho da Alcobre e a sua limitada tecnologia e alcance
de mercado, iriam expor a empresa a mares agitados.

Em certo momento em 2015, surgiram alguns rumores sobre a eventualidade de uma
empresa chinesa poder estar interessada na aquisição, não apenas da Alcobre, mas de
todo o Grupo Aberdare. Apesar de todo o apreço da equipa pelo grupo sul-africano,
ficou claro que o futuro da Alcobre passava pelo Grupo Hengtong.
Inicialmente houveram algumas dúvidas e preocupações sobre as consequências desta
aquisição, mas não duraram muito tempo.
As visitas às fábricas na China, mostraram à Direção e Administração da Alcobre, todo
o acesso à tecnologia, matéria-prima e mercado, que estaria disponível no futuro da
empresa.

A expansão imediata da fábrica trouxe a confiança à equipa da Alcobre e à
comunidade de Ovar, no Grupo Hengtong.
Por outro lado, a Alcobre também contribui fortemente para o Grupo Hengtong. A
equipa Alcobre tem sido um excelente promotor da imagem do grupo chinês na

Europa, e uma excelente plataforma para a compreensão cultural das diferenças de
estilo de gestão europeia, relativamente à gestão do Grupo Hengtong.
Assim, vemos que 110 anos são apenas o inicio de um futuro longo e fecundo. A
Alcobre nunca ambicionou ser a maior, mas sempre a melhor.

É o espírito de equipa que fez da Alcobre um excelente sítio para se trabalhar, um
excelente elemento integrante da comunidade e um orgulhoso membro que contribui
para o grande Grupo a que pertence, o Grupo Hengtong.
Feliz Aniversário!

Luís Almeida
CEO da Alcobre entre 2010 e 2019

Artigos relacionados

Deixe uma resposta