Covid-19

Central Fotovoltaica investe 3 Milhões de Euros na Marinha

A Câmara Municipal de Ovar aprovou, esta quinta-feira, a edificação da Central Fotovoltaica da Marinha- Ovar, de 2 megawatts.
 
Este projeto, no valor de 3 Milhões de Euros, vai de encontro aos objectivos do actual executivo, tratando-se de uma medida de eficiência energética que vai evitar a emissão de cerca de 700 toneladas de CO2, por ano.
 
A Central Fotovoltaica da Marinha tem por objetivo a produção de energia elétrica a partir de uma fonte renovável e não poluente – a energia solar. 

Assim, a Central será implantada na Estrada da Marinha, em Ovar, numa área de 5 ha, constituída por 7.450 painéis fotovoltaicos de 295 watts cada, prevendo-se uma produção anual de energia elétrica renovável de 3 Gigawatts.
 
A Central Fotovoltaica da Marinha vai efetuar a primeira ligação à rede já no primeiro semestre de 2014. 
 
A Central Fotovoltaica da Marinha – Ovar é um projeto da Searas Morenas Lda., empresa detida pelo Grupo Salvador Caetano e Espírito Santo Capital, e com sede no concelho de Ovar.
 
Para o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, “este é um projeto crucial para o desenvolvimento do concelho, para a fixação de investimento no nosso território e promovido por uma empresa sediada em Ovar. Para além disso, é uma importante medida de eficiência energética, prevista no nosso plano de ação, que contribui para a diversificação das fontes energéticas, conforme previsto no protocolo de Quioto”.
 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo