LocalSlider

De São Miguel a Santa Camarão: Os largos estão a mudar

O Dia de São Miguel assinalaou-se no passado dia 29 de setembro. Em Ovar, a devoção ao santo faz-se na capela que lhe é dedicada cuja envolvente está em obra, num projecto integrado no PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, de Requalificação dos Largos (1.º de Dezembro, Santa Camarão e Combatentes) e percursos de ligação, é mais uma empreitada em andamento na cidade de Ovar.

Adjudicada à empresa Construções Carlos Pinho, Lda., com um prazo de execução de 365 dias, esta intervenção, “em conjunto com a obra que recentemente decorreu nas Ruas Dr. Manuel Arala e Elias Garcia, permitirá requalificar o principal eixo viário que atravessa o centro da cidade de Ovar, valorizando o espaço dedicado aos peões, para reforço do usufruto do espaço público e da qualidade de vida da população”, destaca Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar.

O autarca vareiro considera a obra “estruturante e essencial” para o desenvolvimento da cidade de Ovar, representando um investimento superior a 1,3 milhões de euros e um prazo de execução de um ano.

O projecto de execução contempla a requalificação dos Largos 1.º de Dezembro, Santa Camarão, Combatentes e percursos de ligação, com destaque para a Rua Visconde de Ovar. “Todos estes largos vão ganhar vida e espaço pedonal para maior usufruto e qualidade de vida das pessoas”, realça.

A par da empreitada em curso da Requalificação da Envolvente à Estação da CP, esta é outra obra que, “quando estiver a ser concluída, terá também grande impacto na vida da cidade, tornando os seus largos e jardins mais agradáveis”.

Os trabalhos já se iniciaram e já dá para observar que as ruas, junto aos espaços reservados aos jardins e largos, serão revestidas a cubo de granito, o mesmo sucedendo ao nível dos passeios, de forma a reduzir a velocidade automóvel e “para conceder uma característica mais nobre”, acrescenta Salvador Malheiro.

O concurso público aprovado pela autarquia pretende, desde a primeira hora, conferir a esta zona da cidade, que integra um dos mais belos jardins da cidade, o dos Combatentes, uma bela Capela, a de São Miguel, e um Largo onde nasceu o famoso pugilista Santa Camarão. Baptizado José Santa, nasceu ali no dia de Natal de 1902, em Ovar. A alcunha Camarão, que se colou ao seu nome para sempre, surgiu pela boca dos pescadores, amigos do pai, quando chegou à capital para ajudar na faina do Tejo, muito antes de discutir títulos mundiais de boxe ou de participar em filmes de Hollywood. De regresso à vila, faleceu em Ovar, em 1968, a 5 de Abril. Em sua homenagem, os vareiros erigiram um monumento, de autoria do artista plástico Emerenciano, que está uma sombra do que era quando foi inaugurado em 2006. É de esperar que a Câmara Municipal de Ovar mande conservar o monumento. Salvador Malheiro diz que sim.

É todo “um aspecto renovado e convidativo à estadia e a actividades de lazer que queremos proporcionar à população”, pelo que a obra abrange a instalação de mobiliário urbano como mesas e bancos, e também de equipamento desportivo adequado “a utilizadores de todas as idades”, o que passa por um parque infantojuvenil e um campo de jogos.

“Aquando analisam uma obra per si, as pessoas normalmente não vêem o todo, mas com a obra da envolvente da Estação, a já concluída Rua Dr. Manuel Arala e uma outra que vai começar no Alto do Saboga, e que vai beneficiar o eixo que vai desde os Bombeiros Voluntários de var até ao Bairro da Misericórdia, ficamos com o centro da cidade quase todo com cara nova”.

Voltando à envolvente da Capela de São Miguel, o presidente da câmara diz que “esta zona já merecia isto há muito anos”, sublinhando que foi com “muita satisfação que conseguimos incluir esta importante obra no nosso PEDU”. Agora, “a empreitada iniciou-se, vai cumprir-se o prazo e daqui a um ano, talvez no próximo verão, vai estar concluída, para todos usufruirmos dela”, explica.

A execução dos trabalhos obrigará ao condicionamento faseado do trânsito em toda a extensão das Ruas Visconde de Ovar e Coronel Galhardo, tendo início na zona nascente da intervenção (entre o Largo 1.º de Dezembro e a Rua Dr. Mário Cunha).

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo