Publicidade
EmpresasPrimeira Vista

Delegação de Camaçari visitou as empresas Alcobre e Cordex

Cordex anuncia investimento de milhões no Brasil

Uma comitiva da cidade brasileira de Camaçari visitou a fábrica da Alcobre, em Ovar, esta quinta-feira. O grupo, que está em Portugal para atrair novas empresas e negócios, apresentou o seu programa de incentivos e as razões pelos quais “Camaçari é o destino certo para novos investimentos”.

A Alcobre pertence ao Grupo Hengtong, que tem empresas espalhadas por todo mundo, com mais de 70 filiais, 12 bases industriais e mais de 20 mil colaboradores, é já um dos principais fornecedores mundiais de fibra óptica e lidera as soluções de interconexões elétricas.

“Camaçari tem todos os atrativos necessários para receber uma empresa do porte da Alcobre. Temos o Polo Industrial, maior complexo industrial integrado do Hemisfério Sul, uma localização privilegiada, próxima ao Porto de Aratu e ao aeroporto internacional. Temos uma mão de obra qualificada e a prefeitura tem todos os atrativos para ajudar a empresa. Saímos dessa reunião muito animados, e já convidamos a empresa para visitar a nossa cidade”, afirmou o secretário do Desenvolvimento Econômico, Waldy Freitas.

publicidade

Citado pela página da prefeitura, o diretor Comercial da Alcobre, Vitor Ferreira, explicou que a empresa “tem um projeto de expansão e já compramos boa parte da nossa matéria-prima do Brasil, além de já termos um escritório no país e também compramos matéria-prima da América do Sul.”.

De resto, já trabalham 15 brasileiros na fábrica de Ovar.

O grupo visitou ainda as instalações da fábrica, seguindo para a sede do grupo Cordex que opera em Camaçari através da empresa Cordebrás que produz fios de algodão, agrícolas de sisal, sintéticos, rede e filme extensível agrícola.

Na ocasião, o CEO do grupo, Manuel Alberto Pereira, anunciou que irá investir mais de 120 milhões de reais na ampliação de mais 30.000 metros quadrados (m²), que corresponde à segunda fase do Parque Logístico Manuel Armando Pereira (MAP) no município.

A empresa portuguesa, que trabalha com fios de algodão, agrícolas de sisal e sintéticos, rede e filme extensível agrícola, irá ampliar o parque logístico que foi inaugurado em 2017 em Camaçari, e tem 30.000 m². De acordo com a Cordebrás, este ano e no próximo, será construído 1/3 (um terço) do total, ou seja, 10.000 m², com um investimento de 35 milhões.

O CEO da Cordex acrescentou quer “este investimento se fará com recursos próprios, somos uma empresa séria, consolidada, e que tem muita confiança na Cordebrás. Esta ação vai gerar novos empregos, desde a fase de infraestrutura com a obra, e principalmente, com os galpões em funcionamento”, disse.

“Temos uma indústria consolidada em Camaçari, com mais de 20 anos e que gera, hoje, em torno de 95 empregos diretos. No decorrer dos anos, investimos na área de logística e criamos o Parque Logístico Manuel Armando Pereira, em homenagem ao meu pai, que sempre foi apaixonado pela Bahia. Nosso parque, que foi inaugurado em 2017, tem hoje 30.000 m², isso é motivo de muito orgulho. Camaçari é um braço forte da Cordex, e onde produzimos o nosso material fora de Portugal”, finalizou.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo