Covid-19

Dieta sem Passar Fome (Conclusão)

Sabia que uma batata média tem cerca de 100 calorias quando cozida, mas 700 se for frita!? Para manjares rápidos, saborosos e nutritivos opte por cozer, grelhar ou assar os alimentos, evitando ou reduzindo a utilização de óleos, azeites, manteigas e margarinas. Cozinhar com sabedoria é simples! Recorra às panelas de pressão ou a vapor, sem esquecer o forno e o microondas e, na hora de pegar nos tachos, escolha os antiaderentes.

17.    

Comer fora pode muitas vezes “acabar” com um regime equilibrada, mas não tem necessariamente de ser assim. Algumas das dicas já mencionadas valem tanto ou mais quando se alimenta fora de casa: comece sempre por uma sopa ou salada para diminuir, à partida, a ingestão de calorias extra; evite os molhos, as natas e a manteiga… e por esta ordem de raciocínio, o cesto do pão; como acompanhamento opte por saladas e legumes em detrimento das habituais batatas e arroz; quando confrontado com a dupla b & a, escolha apenas um, nunca os dois! A sobremesa pode ser “fatal”, por isso, uma salada de fruta ou um gelado é sempre uma boa opção. Claro que se estiver a celebrar uma ocasião especial ou se não tem cometido grandes excessos, não é uma bela fatia de bolo de chocolate que vai arruinar a sua saúde… pelo contrário!

18.  

 Uma alimentação saudável deve ser variada, não só para permitir a ingestão dos nutrientes essenciais ao nosso bem-estar (proteínas, hidratos de carbono, vitaminas, sais minerais e gorduras), mas também para nos satisfazer, evitando assim os ataques constantes de desejos por salgadinhos ou pastas de chocolate inteiras! Para ajudar, imprima esta cábula e coloque-a na porta do frigorífico:
a.    4 – 11 porções de hidratos de carbono (cereais, pão, arroz, massa…)
b.    3 – 5 porções de hortícolas
c.    1 – 2 doses de leguminosas
d.    3 – 5 doses de frutos
e.    2 – 3 doses de peixe ou carne, leguminosas e ovos
f.    2 – 3 porções de lacticínios
g.    Se seguir este plano alimentar, os quilos vão desaparecer e você será um exemplo de quem tem saúde para dar e vender!

19.    

Uma alimentação salutar só tem a ganhar se a ela aliar uma rotina de exercício físico. Muito ou pouco, o importante é mexer-se pelo menos três vezes por semana. O motivo é muito simples: queima calorias, o que reduz a gordura, o que aumenta a massa muscular, o que acaba por acelerar o metabolismo, o que, por sua vez, queima calorias (mesmo enquanto dorme!). É dos melhores ciclos viciosos que existem! Para além de se sentir melhor consigo próprio, vai viver cada dia com mais energia e produtividade, uma atitude que até o vai ajudar a manter o regime alimentar. Está convencido?

20.    

Emagrecer de forma natural e saudável não tem de ser sinónimo de muitas privações ou horas infinitas com o estômago colado às costas! É, acima de tudo, uma questão de estilo de vida. Para resultados duradouros e um bem-estar global, invista numa relação estável com a roda dos alimentos, sem esquecer o exercício e outros passatempos como estar com os amigos, viajar ou ler. Assim, a comida deixa de ser uma obsessão e é você que passa a estar em primeiro plano!

Luís Filipe Silva

Artigos relacionados

Deixe uma resposta