Covid-19LocalPrimeira Vista

Drones da PSP usados pela primeira vez no cordão sanitário

Os Veículos Aéreos Não Tripulados (VANT), normalmente conhecidos como drones (nome derivado da palavra inglesa que significa “zumbido”, pelo som semelhante a um zângão que o aparelho emite ao voar), tiveram a sua estreia em Ovar durante a Pandemia da Covid19.

O comando distrital de Aveiro da PSP teve autorização para fazer uso destes equipamentos, pela primeira vez, em Ovar, quando o concelho esteve encerrado numa cerca sanitária provocada.

A PSP pode recorrer aos drones, nomeadamente, na tentativa de minimizar a utilização de meios humanos e materiais, sobretudo no apoio a missões de vigilância, ordem pública, monotorização de grandes eventos, policiamentos desportivos, trânsito, prevenção criminal e ações de busca e salvamento.

Estes equipamentos tecnológicos são operados por polícias com uma formação específica que, para além de assuntos relacionados com o desempenho técnico, contempla, também, as regras de utilização e o Regulamento Geral de Proteção de Dados.

Desde então, na sua actividade, iniciada em 2020, o VANT, foi já utilizado na área de responsabilidade do Comando (Aveiro, Espinho, São João da Madeira, Ovar e Santa Maria da Feira), em diferentes situações, nomeadamente, em eventos desportivos (finais de Taça e outros jogos de futebol de relevo, Rally de Portugal – também em apoio ao Comando Distrital de Coimbra -, Volta a Portugal em Bicicleta – também em apoio ao Comando Distrital de Viseu -, e Maratona da Europa); na busca por duas pessoas desaparecidas; em operações policiais de grande envergadura (“Operação Popey” e “Operação Teia Dourada”, no combate ao tráfico de droga, roubos e outros crimes graves); na monitorização de grandes eventos (Festa das Fogaceiras, Imaginarius, Viagem Medieval e Dia Mundial da Criança, em Santa Maria da Feira); e em exibições lúdico-pedagógicas, como por exemplo, em edições do evento TECHWEEK, dedicado à tecnologia, em Aveiro.

 “Viagem Medieval” 

O drone, operado pela EMT do Comando, também sobrevoou os céus da “Viagem Medieval”, entre 03 a 14 de agosto, 2022, na cidade de Santa Maria da Feira, com o intuito de garantir a segurança de todos os visitantes e demais participantes.

Levado a planar em zonas de maior afluência de pessoas, tornou-se num excelente aliado na prevenção da criminalidade e demais ilícitos, bem como nas tomadas de decisão dos comandantes dos meios no terreno (trânsito, patrulhamento e ordem pública).

A equipa apoiou o “Posto de Comando Operacional” do evento, constituído por um polícia da PSP, um bombeiro da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santa Maria da Feira, um elemento da Proteção Civil Municipal, um elemento da Segurança Privada contratada para o evento e um elemento da Organização (empresa municipal “Feira Viva, EM”).

A “Viagem Medieval em Terra de Santa Maria”, sendo a maior recriação medieval da Península Ibérica e uma das maiores da Europa, nesta sua 25.ª Edição, ultrapassou os 700 mil visitantes.

O Comando Distrital de Aveiro, através de um policiamento visível, proactivo e, por vezes, reactivo, apoiado pelo uso do VANT, conseguiu garantir a segurança pública, durante todo o evento.

 

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo