EmpresasSlider

ElasticTek investe 13 milhões e cria 30 postos de trabalho

Uma nova fábrica de produtos para a indústria de higiene descartável vai instalar-se na zona industrial de Ovar, até setembro de 2015, o que representa, numa primeira fase, um investimento superior a 13 milhões de euros no território, e a criação, logo no início da atividade, de mais de 30 postos de trabalho.

A ElasticTek – Indústria de Plásticos, Lda. acabou de adquirir o lote 23 da Zona Industrial de Ovar – 2ª Fase, com uma área de 10.090 metros quadrados, para no local instalar a sua unidade fabril. Trata-se de uma empresa constituída em junho de 2014, cujo objecto é a “produção e comercialização de produtos à base de polietileno, bandas e bolsas plásticas e resguardos têxtis e outros produtos relacionados com a indústria de dispositivos de higiene”, conforme consta da Certidão Permanente apresentada ao Município de Ovar.

De referir que, esta fixação de uma nova unidade fabril no território de Ovar surge na sequência da aquisição, pela ElasticTek – Indústria de Plásticos, Lda, do lote 23 da Zona Industrial de Ovar – 2ª Fase, após abertura de procedimento concorrencial para alienação do referido lote pela autarquia.

Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar, referiu que “Ovar só tem ganhar com a fixação de mais uma unidade fabril no território”, adiantando que “é um exemplo de que temos capacidade e condições para atrair novos investimentos, geradores de emprego, e é mais um contributo para o desenvolvimento económico do concelho”.

O edil sublinhou que quer um “território empreendedor e empregador”, aproveitando a ocasião para lembrar algumas medidas adoptadas em matéria de política fiscal, e que “também contribuem para a captação de novos investimentos para o território”, referindo concretamente “a isenção da taxa da derrama para as pequenas empresas e para as sociedades criadoras de emprego, procurando assim apoiar, incentivar e estimular o emprego, e a competitividade do tecido empresarial local”.

Salvador Malheiro referiu ainda “o investimento municipal nas acessibilidades e comunicações das quatro zonas industriais existentes, a conclusão da revisão do PDM – Plano Director Municipal com ampliação das zonas de acolhimento empresarial, e a agilização dos processos de licenciamento industrial.”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo