CulturaSlider

Festival Internacional de Artes de Rua promete animar e celebrar a cidade

 

O Festa – Festival Internacional de Artes de Rua está de regresso para a 3ª edição. E, em 2016, apresenta-se renovado e ampliado, passando a três dias de Festa, a 22, 23 e 24 de julho e prometendo animar e celebrar a cidade de Ovar e as pessoas.

Música, dança, teatro, espectáculos comunitários, oficinas, performances e instalações artísticas são algumas das artes que vão invadir o centro da cidade, confrontando os públicos com mais de 25 manifestações culturais.

Belas construções de madeira, um dueto entre um Bailarino e uma escavadora, girafas deambulantes, uma orquestra incomum, uma cadeira de rodas abandonada, a viagem de um elefante, oficinas científicas, oficinas de estampa, um momento improvável de jazz, um laboratório musical, são alguns dos espetáculos que fazem parte de um programa dinâmico, que promete surpreender e captar a atenção de todos, seja num jardim, numa praça, num largo, rua ou ruela do centro da cidade. Trata-se de sair à rua e deixar-se surpreender.

Este será o mais internacional Festa de sempre com espetáculos de companhias de Espanha e França de qualidade, designadamente “The Strange Travel of Senyor Tonet” de Tomb Cratius, “Transports Exceptionnels”, da Companhia Beau Geste, “Ulik’s Glissendo” de Ulik & Le Snob, “Girafes” de Xirriquiteula Teatre, “Wandering Orchestra” de Adrian Scharstein e Sergi Estebanel e “Ceci 3.0” de Ferran Orobitg.

Mas grandes projetos nacionais também marcarão presença neste Festival, como “Água” da Companhia Circolando, “Pozzo” de Rui Paixão, “A Viagem do Elefante” da Trigo Limpo Teatro Acert, “Hugo Carvalhais Cryptic Quartet”, “Phonambient Ovar” da Sonoscopia Associação Cultural, Oficinas pelo Mundo Científico, e ainda instalações permanentes de Add Fuel e Tamara Alves, Diogo Aguiar, entre outros. (Consulte o programa íntegra em https://issuu.com/cmovar/docs/jornal_programa_festa16_issue/1).

O Festa é uma celebração da cidade, das pessoas e do espaço público que deve ser partilhado por todos, que contribui para o crescimento e desenvolvimento nas mais diversas áreas como a social, a económica, a turística.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta