Publicidade
DesportoFutebolPrimeira Vista

Gonçalo Semedo, um fã de tecnologia com a pontaria afinada

Gonçalo Semedo tem estado em destaque neste início de temporada.

No dia da apresentação aos sócios, o avançado vareiro entrou em campo com a camisola que o seu avô,  Orlando Semedo (faleceu em julho), usou quando jogava na Ovarense e guardou religiosamente quando pendurou as chuteiras.

Neto de “peixe” e filho de “dragão”, mergulhou definitivamente em estado de graça ao marcar TRÊS golos na deslocação dos vareiros a Estarreja na jornada inaugural do Campeonato SabSeg.

publicidade

Aos 23 anos, divide o tempo entre o futebol, ao qual se afeiçoou através do pai, José Semedo, e a Engenharia Informática, mas… se pudesse fazia do futebol a sua vida a tempo inteiro.

Ao longo da adolescência, os nomes que Gonçalo mais ouvia falar eram os de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, jogadores que dominaram a agenda do futebol mundial no início de milénio. No entanto, o seu maior ídolo estava em casa, o pai José Semedo, antigo médio do FC Porto e do Salgueiros. “Sempre quis seguir os passos dele. Inspirei-me no trabalho que ele fez e no sucesso que alcançou. Isso motiva-me para continuar a jogar”, confessou à AFAtv.

Ainda menino, Gonçalo juntou-se ao Válega, de onde sairia um par de anos mais tarde rumo ao Avanca. “Fui sempre muito bem tratado durante os cinco anos em que lá estive. É um clube que me diz muito”, assume. Até por isso, custou deixá-lo, para reforçar os juvenis do Feirense, clube ao serviço do qual apontou nove golos na 1.ª Divisão Nacional de juniores e chegou a ser utilizado na equipa Sub-23 dos fogaceiros, que compete na Liga Revelação.

Apesar dos números serem prometedores, Gonçalo Semedo preferiu jogar pelo seguro no seu primeiro ano como sénior. Sendo “a Universidade o mais importante neste momento e o futebol uma paixão de sempre”, o avançado viu no regresso ao Avanca a melhor opção para poder conciliar as duas coisas.

Uma experiência para recordar agora que vai para a segunda época sob o comando do técnico Cajó. “Nem pensei duas vezes quando vi o projeto, que tem como objetivo desenvolver as capacidades dos jovens, ajudando-os a crescer enquanto pessoas e jogadores”, garante, ele que acredita que esta aventura na Ovarense o pode “ajudar a chegar a níveis superiores”.

Os golos ajudam a dar nas vistas, é certo, mas Gonçalo Semedo tem a perfeita noção de que nada se consegue sozinho. “O futebol é feito em equipa. Se não houvesse um guarda-redes a defender os remates da outra equipa, defesas para cortar as bolas e iniciar as jogadas e médios para dar equilíbrio à equipa não havia golos”, sublinha o avançado, feliz pelos golos marcados.

Licenciado em Engenharia Informática no Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), Gonçalo confessa que desde muito cedo ganhou o gosto pela tecnologia. “Hoje, as telecomunicações estão a apoderar-se de tudo. Então, quando surgiu esta oportunidade, agarrei-a”, ainda que seja o futebol a sua grande paixão.

HISTÓRICO DE EQUIPAS
ÉPOCA EQUIPA J G AST
2023/24 1 3
2022/23 34 18
2021/22 17 8

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo