Covid-19

Gouveia e Melo despede-se da “task force”

O Gabinete de coordenação do plano de vacinação deve cumprir hoje último dia de trabalho.

O vice-Almirante Gouveia e Melo vai comunicar ao primeiro-ministro a conclusão da missão que lhe foi confiada, numa reunião esta manhã.

Este gabinete de coordenação foi criado em novembro do ano passado, e em Fevereiro deste ano passou a ser liderada pelo vice-Almirante Gouveia e Melo, na sequência da demissão de Francisco Ramos.

O objectivo era atingir a meta de imunidade de grupo, que passou a ser 85% da população vacinada.

No domingo ao fim do dia, a marca estava nos 83,9 por cento.

Na quinta-feira passada, António Costa anunciou que Portugal continental estava “em condições de avançar” para a terceira e última fase do desconfinamento e adiantou que, esta semana, seria atingida a meta de 85% da população com a vacinação completa.

A imunização de 85% dos residentes constituiu a referência definida pelo Governo para avançar para esta terceira etapa do plano de alívio das restrições impostas para controlar a pandemia, que entram em vigor a 1 de outubro.

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico, Portugal registou em 24 horas apenas um morto, o que não acontecia desde 8 de maio.

Há ainda mais 230 casos de infecção.

Estão internados em enfermaria 420 doentes, mais 5 do que em relação ao boletim anterior.

Há 79 nos Cuidados Intensivos, menos 4 do que nas 24 horas anteriores.

Recuperaram da doença mais 479 pessoas.

Portugal tem 31.285 casos ativos, menos 250 do que na véspera.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta