Covid-19

Governo põe travão ao desconfinamento no país

O Governo anunciou esta quinta-feira que Portugal não avança para a nova fase de desconfinamento, a 28 de junho.

A decisão saiu do Conselho de Ministros desta quinta-feira  que avaliou a situação epidemiológica do país.

Além disso, Lisboa vai mesmo recuar, tendo em conta o aumento dos casos relacionados com a variante Delta do coronavírus, identificada em seis em cada dez novos casos de Covid-19 na região.

De recordar que Lisboa e Albufeira recuaram no desconfinamento e juntaram-se a Sesimbra nos concelhos com as medidas mais rigorosas. Ambos são considerados concelhos de alta densidade e tiveram consecutivamente mais de 240 casos por 100 mil habitantes (se fossem de baixa densidade o recuo só se daria no limiar dos 480).

Estes dados mostram um agravamento da situação pandémica em Portugal. Além de serem mais 18 concelhos acima do limiar dos 120 casos, o número de municípios com mais de 240 casos por 100 mil habitantes também aumentou. Eram seis, são agora 26, sendo os novos maioritariamente da AML e de Lisboa e Vale do Tejo no geral, como Oeiras, Sintra, Loures, Mafra, entre outros. Mas também alguns do Alentejo e Algarve como Sines e Loulé.

Odemira, que há uma semana tinha 506 casos por 100 mil habitantes, tem agora 316. Foi dos poucos concelhos da lista dos “piores” a melhorar, tal como Ribeira Grande nos Açores, que também desceu um escalão.

O concelho de Ovar está no lote de concelhos que tem entre 0 e 120 casos por 100 mil habitantes.
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo