DesportoPrimeira Vista

Grande Prémio de Ciclismo “JN” de regresso

O Grande Prémio de Ciclismo 2017 do Jornal de Notícias está de regresso ao território de Ovar. Nesta edição Ovar acolherá a partida da primeira etapa, no dia 25 de maio, com saída da Praça da República, pelas 13 horas, e a chegada da 4ª etapa, no dia 27 de maio, à Avenida da Régua, pelas 17 horas.

“Continuamos a ser escolhidos para servir de palco a grandes eventos desportivos. É mais um contributo para promover a mobilidade urbana sustentável que pretendemos no nosso Município”, sublinha o presidente da Câmara Municipal, Salvador Malheiro, garantindo que “o ciclismo voltou definitivamente a Ovar”.

A propósito do regresso desta prova a Ovar, o autarca refere que é “um importante contributo para a projecção e valorização do concelho e das gentes de Ovar”, avançando que é uma oportunidade que nos “permite revelar um lugar de excelência para a prática desportiva com recursos naturais e construídos que admitem inúmeras actividades”, lembrando que Ovar tem ”atletas e clubes de reconhecido mérito, em diferentes modalidades, com vários títulos a nível nacional e internacional, que muito nos orgulham e que validam a nossa aposta na formação.”

A fim de tornar possível a organização e o apoio logístico necessário à concretização destas duas etapas no território de Ovar, a Câmara Municipal aprovou, em sede de reunião de câmara, por unanimidade, o Contrato de Patrocínio Desportivo a celebrar com a Global Notícias, Publicações, SA, onde se definem as obrigações de cada uma das partes.

Recorde-se que, a Câmara Municipal tem feito uma grande aposta no desporto e no turismo desportivo, através da promoção de inúmeras iniciativas municipais e da captação de grandes eventos nacionais ao nosso território.

Salvador Malheiro afirma que “a aposta no Desporto é grande”, justificando-se pelo facto que “Desporto é saúde, é integração social, é inovação e coesão territorial.”

O autarca reitera que “fomentar a prática desportiva é garantir mais qualidade de vida. É integrar e formar jovens atletas. É garantir coesão territorial com infraestruturas desportivas em todas as freguesias. É valorizar o nosso património natural, ambiental, arquitectónico, religioso, cultural e gastronómico.”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo