LocalPrimeira Vista

Homem que matou a mulher na via pública vai a julgamento

Ojuízo central de instrução criminal do Tribunal Judicial da Comarca de Aveiro considerou “fortemente indiciados os factos descritos na acusação deduzida pelo Ministério Público, pelo que proferiu decisão de pronúncia para julgamento contra um arguido, pela prática dos crimes de violência doméstica, homicídio qualificado e detenção de arma proibida”.

A decisões instrutória foi hoje conhecida na sequência do crime ocorrido no dia 31.07.2020, em Esmoriz. O comunicado da Procuradoria-geral Distrital do Porto recorda que “depois da vítima ter passado a residir com familiares em consequência da deterioração da relação conjugal, o arguido muniu-se de uma espingarda caçadeira para a qual não tinha a necessária licença e foi ao seu encontro, aguardando-a junto ao local de trabalho, acabando por atingi-la com dois disparos, assim lhe tendo causado a morte”.

O arguido continua a aguardar os ulteriores termos do processo sujeito à medida de coacção de prisão preventiva.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo