Covid-19

Hospital da Feira perto do limite da capacidade de resposta

A administração do Centro Hospitalar do Entre Douro e Vouga (CHEDV) admite que está perto de esgotar a sua capacidade de internamento para doentes com covid-19.

A unidade tem 129 utentes em enfermarias de cuidados intermédios e 24 na de cuidados intensivos, o que representa um total de 153 pacientes internados devido ao vírus SARS-CoV-2.

“Seja por questões de espaços físicos, seja por questões de recursos humanos, o CHEDV tem estado nestes últimos dias perto do seu limite de resposta”, informa a administração, realçando que isso se verifica mesmo após a contratação adicional de “mais de 150 profissionais dos vários grupos de funções na saúde, através dos mecanismos de contratação de pessoal” legalmente criados para o período de pandemia.

A administração nota que a referida ocupação em regime de internamento “faz do CHEDV uma das unidades com maior número de doentes internados por covid-19 da área sob tutela da Administração Regional de Saúde do Norte [ARSN], pelo que a taxa de esforço para responder às necessidades destes doentes face à lotação do hospital é elevadíssima”.

Mesmo tendo suspendido todas as cirurgias de forma a manter apenas as oncológicas e urgentes, o hospital da Feira tem-se visto “diariamente com a sua capacidade ocupada em níveis perto dos 100%”, em virtude de uma “gigantesca procura”.

Por esse motivo, os doentes que extravasam a lotação do Hospital São Sebastião vêm sendo encaminhados para outros hospitais do Serviço Nacional de Saúde e da rede convencionada, nomeadamente no sector privado.

Em declarações à Lusa, a administração do hospital diz que tem conseguido dar resposta às necessidades da população, “fruto do enorme empenho das nossas equipas e da dedicação e espírito de colaboração de todos os serviços. O CHEDV também tem obtido uma excelente colaboração por parte da ARSN na distribuição de doentes por outras unidades hospitalares da região nos momentos em que temos necessitado”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo