Publicidade
OpiniãoSaúde

Hospitalização Domiciliária do Hospital Dr. Francisco Zagalo encerra provisoriamente

Caros amigos,
Não é habitual publicar assuntos ligados directamente ao desempenho directo minha atividade profissional. Hoje será uma excepção :
Estou triste.
Abracei o Projecto da Hospitalização Domiciliária do Hospital Dr. Francisco Zagalo – Ovar há alguns meses e na passada sexta feira encerramos, espero eu provisoriamente esta valência por falta de doentes.
Faltam referenciações de doentes para internamento em modalidade domiciliária para a área de abrangência do Hospital de Ovar.
Não imaginei isso ser possível. Eu sempre pensei que o ideal para um doente estável, que nos necessitasse de cuidados intermédios ou intensivos preferisse ser tratado no conforto da sua casa por uma equipa médica e de enfermagem que se deslocasse até sua casa.
A dormir na sua cama, a comer da sua comida, na companhia da sua família.
Notei que a maioria dos doentes que nos são propostos não conheciam haver esta possibilidade.
No entanto já existe esta valebcia no hospital de Ovar desde 2019.
Há critérios de referenciação para o internamento domiciliário. Estes são conhecidos pelos médicos e enfermeiros das unidades de cuidados primários (centros de saúde) e dos médicos hospitalares.
Também são conhecidos pelas estruturas residenciais para pessoas idosas (lares). Podemos também admitir doentes que se encontram nessas estruturas. No entanto só muito poucas assinaram protocolo connosco.
Sou vareira e “vesti” definitivamente a camisola do Hospital de Ovar há cerca de 1 ano.
Há alguns meses dediquei me à Hospitalização Domiciliária.
Já perdemos o serviço de urgência em Ovar.
Não quero que se perca também a oportunidade de sermos tratados em nossas casas por uma equipa do nosso hospital de Ovar se tivermos critérios de internamento.
Os doentes merecem os melhores cuidados de saúde no nosso SNS. O hospital de Ovar, o nosso hospital, tem primado pela prestação de cuidados de saúde em proximidade. A maior proximidade na prestação de cuidados de saúde é fazê lo em casa dos doentes.
Desculpem o desabafo, mas não vou desistir de divulgar esta unidade do hospital de Ovar e espero que reabra brevemente.
Agradeço a todos os que antes de mim trabalharam na unidade e a toda a equipa multidisciplinar que integra esta unidade (médicos, enfermeiros, assistentes operacionais, serviços farmacêuticos, serviços administrativos, serviço de informática, serviço de equipamentos, assistentes sociais, nutricionista, funcionárias de limpeza).
Agradeço a todas os doentes e famílias que nos receberam nos seus lares.
Dra. Cláudia Martins,
Coordenadora da Unidade de hospitalização domiciliária do Hospital Dr. Francisco Zagalo Ovar

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo