Saúde

IX Encontro Ibérico de Enfermagem no Europarque

Evento decorre nos dias 19 e 20 de Outubro

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Enfermeiros (SRCentro) anuncia, em parceria com o Ilustre Colegio de Enfermería de Cáceres, a realização do IX Encontro Ibérico de Enfermagem, que irá decorrer nos dias 19 e 20 de Outubro de 2018, no Europarque, em Santa Maria da Feira.

Com uma relação de parceria estabelecida há vários anos, a SRCentro e o Ilustre Colegio de Enfermería de Cáceres, vão promover mais um Encontro entres os seus membros.

O Encontro, realizado bienalmente, procura intensificar o contacto e a troca de experiências entre os profissionais de enfermagem da Região Centro (que engloba os distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu – a área de abrangência da Secção Regional Centro da Ordem dos Enfermeiros) – e o Colegio de Enfermería de Cáceres (na Comunidade Autónoma Espanhola da Estremadura).

Num momento em que o papel dos profissionais de Enfermagem é tão discutido no nosso país, acreditamos que o tema deste Encontro – “Cuidar Sem Fronteiras” – ajudará a intensificar a descoberta e partilha bilateral de procedimentos e condutas entre Enfermeiros portugueses e espanhóis, podendo ainda contribuir para alcançarmos novas soluções de valorização profissional e social dos Enfermeiros.

O programa deste Encontro irá debruçar-se sobre o ciclo de vida dos utentes que recorrem, todos os dias, às instituições prestadores de cuidados de saúde. Além disso, também poderão ser submetidos pósteres científicos ligados ao tema do Encontro, havendo prémios para as melhores investigações.

Para Ricardo Correia de Matos, Presidente do Conselho Directivo da SRCentro, o “IX Encontro Ibérico de Enfermagem, é um momento chave para a SRCentro da Ordem dos Enfermeiros porque nos permite, de dois em dois anos, a aproximação com os nossos parceiros de Cáceres.

É um evento único no qual trocamos ideias e preocupações e tentamos alcançar soluções para os problemas vividos pelos enfermeiros, tanto em Portugal, como em Espanha. Além disso, o convívio que se estabelece enriquece-nos profissionalmente e contribui para a valorização do trabalho que, todos os dias, desenvolvemos junto dos nossos utentes”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta