Local

Nega furto de cordão de ouro com dois metros

 

O autor de um assalto a residência de Ovar negou, em Tribunal, que tenha levado a jóia mais importante da família lesada.

“Trouxe peças muito boas, mas não vi nada desse tamanho. Não tenho razão para mentir, se até acrescentei uma viola que não era referida”, disse.

O arguido mostrou-se surpreso por lhe ser imputado o furto de um cordão de ouro de dois metros e quase 50 gramas.

O indivíduo de 30 anos, actualmente a cumprir pena à ordem de outros processos, é acusado de ter furtado diversos artigos em ouro, prata, relógios, mas também equipamentos informáticos (disco externo e um portátil), no valor que poderia rondar os 13.400 euros.

“Andava a trabalhar como distribuidor de publicidade pelas casas. Fui urinar a um jardim traseiro e vi a janela da casa meia aberta. Cai na tentação de fazer o assalto”, relatou ao tribunal, negando que tivesse sido necessário arrombar a entrada como é imputado na acusação. Também não se recorda de ter causado um ferimento ao entrar, já que foi encontrado sangue no local. (Ler artigo completo in Notícias de Aveiro)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo