Covid-19
Últimas

Operação “A solidariedade não tem idade – A PSP com os idosos”

A PSP de Ovar, no âmbito do Modelo de Policiamento de Proximidade (MIPP), tem a decorrer a operação policial “A solidariedade não tem idade – A PSP com os idosos”, a qual visa melhorar a qualidade do serviço prestado ao cidadão vulnerável.

Os riscos associados aos idosos, agravados pelo seu isolamento social, são uma preocupação acrescida para a PSP, pelo que o assunto se torna um dos objectivos principais do MIPP.

Em geral, os idosos, pelas suas vulnerabilidades físicas e psíquicas, tornam-se vítimas preferenciais em relação a crimes contra o património (roubo, burla, extorsão), contra a liberdade pessoal (ameaça, coação, sequestro) e contra a integridade física (ofensa à integridade física, violência doméstica, maus-tratos). A estas vulnerabilidades somam-se, pontualmente, as de cariz económico, materializadas em frágeis condições de habitação, higiene, saúde pública, saúde individual (muitas vezes dependentes de medicação regular) ou alimentação. E todas estas variáveis, sem um círculo familiar ou de vizinhança capaz, potenciam as situações de anonimato que inviabilizam eventuais intervenções de cariz assistencial, podendo mesmo, por vezes, culminar na morte do idoso.

“A pandemia da COVID-19 obrigou ao isolamento social da população, facto que veio agravar não só a solidão vivida por muitos destes idosos mas também a sua exposição a novas dinâmicas criminais, através da utilização de tecnologias”, refere o Comando Distrital da PSP, em comunicado.

No cumprimento desta operação policial, a decorrer até 25 de setembro, do corrente ano, a PSP tem contactado a população idosa, a fim de sinalizar casos de fragilidade social, de maior vulnerabilidade física e psíquica, e de suspeita de crimes de violência doméstica ou outros contra a vida ou integridade física, eventualmente agravados pela situação epidemiológica.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta