DesportoSlider

Ovarense: Lista recusada apela ao voto de protesto

Vitor Rocha, candidato à presidência da AD Ovarense, cujas eleições se realizam esta sexta-feira, apelou aos sócios para que cumpram o seu direito de voto, “mesmo que não votem na única opção que vos foi permitida, façam do voto o vosso sinal de protesto”.

A lista candidata não se conforma com o facto de não ter sido aceite a sufrágio por incluir, alegadamente, associados com quotas em atraso no momento da apresentação.

A mesa da assembleia geral recorda que a elegibilidade dos sócios que compõem a lista é condição fundamental, tendo-se verificado que “esta continha alguns associados que não tinham as suas quotas regularizadas”. “Ora, como a verificação da elegibilidade dos membros é aferida à data da entrega da lista, esses associados estavam em situação de não elegíveis por não terem as quotas pagas”.

O órgão garante que “cumpriu com todas as suas obrigações e não aceita que se coloque em causa a idoneidade”.

Assim, vai a sufrágio uma única lista liderada por Paulo Campino, actual presidente da direcção.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta