LocalSlider
Últimas

Padaria Tílias também foi vandalizada

Comerciantes e moradores de Ovar queixam-se de um aumento de actos de vandalismo nas últimas semanas, como estragos em montras e fogo em contentores de lixo.

Henrique Sousa, proprietário da Pastelaria Tílias Garrett 2, também teve que desembolsar 172 euros para substituir 2,5 metros de uma montra partida esta semana “por um sujeito sozinho, de chapéu e máscara de covid-19”.

Uma vizinha da padaria ainda viu o homem e chamou a GNR, “que tem o quartel mesmo ao lado, mas eles disseram que não podiam fazer nada porque a zona é [da jurisdição] da PSP” e o gerente da Tílias Garrett lamenta essa postura, porque acredita que “bastava a Guarda ter aparecido de carro que, se calhar, até [o] apanhava”.

Henrique Sousa espera que a PSP consiga identificar o autor da ocorrência porque, segundo lhe terá dito fonte dessa autoridade, “é sempre a mesma pessoa a causar os estragos nestas lojas todas”.

Alexandra Couto (Ag. Lusa)

Ler também:

Ecopontos a arder no centro da cidade

Montras partidas em confeitaria do Centro Comercial Garrett

Artigos relacionados

Deixe uma resposta