Covid-19

Parabéns!

 

De novo, felicitações pelo acerto da vossa escolha.
Costumo dizer que falhar à primeira, acontece-nos a todos, mas à segunda só mesmo quem quer.
E pelos vistos vocês quiseram, gostaram.
O homem pediu desculpa aos Portugueses e acabou a “governar” o Pais.
Agora pede desculpa ao partido, e renova a “liderança”. E nem precisou do Relvas.
Que emancipação.

Contava escrever-vos antes, a ver se evitava alguma coisa, mas não foi possível, logo peço desculpa por não os ter prevenido.
Agora percebo, que acabo por poupar uma comunicação.
Apenas gasto a que teria que gastar para vos congratular.
È obra. Como justificar uma opção tão consistente da vossa parte?

Os tais, que têm soluções que representam as pessoas, os projectos que olham pelo País.
Cheguei a julgar que no inicio pensaram: “ deixa lá o Jotinha avançar, estamos feridos de morte, e precisamos de carne para canhão, afinal de contas o tipo é um chato do caraças, e sempre o entretemos. Se chatear o José quanto faz connosco já temos o dia ganho.
Entretanto o tipo cai na sopa de todos, quase sem darem por isso, e lá foram.

Mas depois de comprovarem do que o homem é feito, das suas assustadoras capacidades inatas, do projecto em curso, é deveras extraordinário.
Que grandes quadros e militantes, que serviço exemplar á vossa causa, e á Democracia, vos permite aguardar
atrás do pano á espera que o tipo escorregue na calçada sozinho a caminho do Tivoli.
Onde está o Paulo, o Rui, a Manuela, o Marques, o Marcelo e tantos, tantos outros, mesmo aqueles que menos dão nas vistas.
Que valentes.

Mas afinal é mesmo pelo País.
Até acredito que pensaram: deixa o rapaz derreter tudo que depois aparecemos nós, qual D. Sebastiao, e dos frangalhos faremos alguma coisa que não é difícil.
De facto ele derreteu quase tudo, porque a nós ainda não, mas vocês nem agora apareceram.
Que coragem
Não se ponham finos, que ele vai comer as papinhas na vossa cabeça.
Ele até já decidiu o perfil de quem vai apoiar.
Ele disse que decidiu, não foi decidimos.
Agora não dá mesmo para confundir o quanto vocês estão com ele, porque agora caríssimos, foi a vossa hora da verdade Deve ser um orgulho um líder deste calibre a representar-vos.
Indigna-me apenas saber com que programa, se acaba agora o programa. Será que vocês já tem o ficheiro do cautelar e não enviam para nós?

Até agora ele tinha o programa feito, e até o software devem ter enviado, o mapa de excel, para dar entrada apenas dos dados.
Agora, …
E não havendo cautelar, o que segue ele. E a laranja?
É que o tipo, salta á vista de qualquer cego, ele não sabe nada de nada, ele não tem uma ideia, um conceito, um projecto.

É mau demais, e tem muitas más companhias por perto.
Confesso ter decidido não mais votar neste partido, venha quem vier, mesmo que tragam a Cristina da 4, até que a capacidade do meu disco me deixe ficar mal.

Agora, mesmo após esta missiva á vossa gente, vou deixar como conselho aos meus netos, que até que as suas forças o permitam, se lembrem de não permitirem a este grande partido, a sua representação, se é que, mesmo sem o meu aviso, eles algum dia pudessem pensar algo parecido.
Muito obrigado,

Francisco R

Artigos relacionados

Deixe uma resposta