Covid-19

Polícia interveio para conter mar de curiosos

Apesar da fúria do temporal que se fez sentir no fim de semana, foram mais do que muitos os curiosos que acorreram junto à praia para verem de perto os estragos causados pelo mar. 

E, nem as tragédias associadas a estes fenómenos da natureza, contiveram as pessoas de privar de perto com o perigo, tal como retrata de forma magistral esta imagem de Estela Silva, da agência Lusa. 

Tanto, que a polícia teve de ser chamada a intervir, na praia do Furadouro, em Ovar, para controlar a curiosidade dos populares, relatava ontem o Jornal de Notícias.

O rasto de destruição causado pelas ondas gigantes que invadiram várias praias da costa portuguesa este fim de semana não demoveu os curiosos de, perigosamente, se aproximarem do mar, ao ponto de a polícia ter sido chamada a intervir por forma a evitar males maiores. Foi o que sucedeu na praia do Furadouro, em Ovar.

De máquinas fotográficas em punho, conta o Jornal de Notícias, a forte agitação marítima serviu de mote para uma verdadeira romaria. “Viemos de propósito, porque ouvimos dizer que ia haver muito mau tempo”, comentou àquela publicação um casal de Vila Nova de Gaia.

E perante os repetidos avisos dos bombeiros e da polícia, houve mesmo quem contestasse as chamadas de atenção, bem como o facto de a marginal ter sido parcialmente vedada por questões de segurança.

Saliente-se que o aviso de mau tempo se mantém. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta