Opinião

Promoções; mais uma fotografia – Por Florindo Pinto

“o homem sorri, com palavras simpáticas e, com as asneiras dos outros”

– No desempenho das suas funções e, com a legitimidade, que o desempenho do cargo
– lhe confere, o Senhor Presidente da República, “deu luz verde” à promoção de figuras

– dos quadros superiores, das Forças Armadas. Não me move qualquer sentir, contra a
– classe profissional, que, nos tempos actuais, é uma instituição, “menos relevante”, se

– atentarmos na prioridade, das prioridades, por que, mais importante, temos o que, é
– sobra da “fome”, falta de “instrução” e, fraca “defesa da boa saúde”. De que servem

– os soldados, se o povo andar a “morrer de fome”, se o povo for “inculto”, se o povo é
– “doente”? A boa política, a exercer pelos governantes, passa pelo rigor, do prioritário

– e, em verdade, com o exemplo que nos vem da Ucrânia, para que servirá um exército
– pago a “peso de ouro”? Preciso é; “escolas”, “bom trato” e “não nos deixem morrer”

Florindo Pinto

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo