ComunicadosPolítica

PSD abstém-se por “respeito aos eleitores” e não obstaculiza governação socialista na UFO

O Grupo do Partido Social Democrata (PSD) na União de Freguesias de Ovar, S. João, Arada e S. Vicente de Pereira Jusã absteve-se na votação do Orçamento e Grandes Opções do Plano da U.F.O., apesar de não se rever no documento, possibilitando, com essa abstenção responsável, que o documento fosse aprovado.

Caso o PSD tivesse votado contra, o documento teria sido chumbado e o Partido Socialista seria forçado a apresentar novo orçamento ou gerir em duodécimos.

Este Orçamento do PS não é um bom Orçamento porque não dá resposta às necessidades reais das pessoas da União de Freguesias, em particular face à crise social que enfrentamos, mas, apesar de o PSD não se rever no Orçamento apresentado pelo PS, abstivemo-nos por respeito ao voto que os eleitores concederam ao atual executivo socialista, há cerca de um ano”, refere Fátima Rosas, líder do Grupo do PSD, explicando que “O PSD é um Partido responsável; não é obstáculo nem dificulta a governação. Mas fiscaliza, e vai continuar a escrutinar o trabalho do Executivo socialista. E se em 2023, não se verificarem melhorias e respostas às necessidades das pessoas, o voto do PSD para o orçamento seguinte fica em aberto”, alerta.

Para a autarca, com a abstenção do PSD e a viabilização do Orçamento, “é o PSD que garante a governabilidade da União de Freguesias e o PS não tem desculpa para não dar resposta aos anseios das populações, nem às suas reais necessidades num tempo e momento desfavoráveis”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo