Covid-19

Quatro novos infectados após sete dias a zero

O concelho de Ovar regista esta quarta-feira a maior subida de casos em mais de uma semana: são três os novos casos só em 24 horas. Mas se contarmos com o dia de ontem, terça-feira, os infectados sobem para quatro.

Dois dias consecutivos com casos após sete dias sem qualquer caso registado, o que deixa o presidente da Câmara Municipal de Ovar preocupado. “Infelizmente, as notícias não são as melhores, mas continuamos a fazer um acompanhamento, muito rigoroso, da situação pelo que a mesma ainda está controlada”.

Assim, neste momento, são 20 os casos activos nas freguesias de Esmoriz, Ovar, São João e Válega. Em Arada, Cortegaça, Maceda e São Vicente não existe, neste momento, qualquer caso activo.

Ponto de situação, hoje, às 18h:
754 infectados confirmados
694 recuperados
20 casos activos
40 óbitos

Nos concelhos do ACeS do Baixo Vouga mais atingidos, o relatório da DGS regista em Ovar ainda 698 infetados (sem alterações), em Aveiro 379 (sem alterações) e em Ílhavo 192 (mais 23).

Já o relatório da autoridade de saúde relativo aos 11 concelhos do Agrupamento dos Centros de Saúde (ACeS) do Baixo Vouga dá conta de 1.962 casos positivos (mais 6 do que na sexta-feira). 1.722 pessoas são dadas como recuperadas (mais 63) e há a lamentar 120 óbitos. Encontram-se ativos 120 casos na região de Aveiro (menos 57).

Nos concelhos de Aveiro Norte, sob jurisdição da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN), o boletim epidemiológico da DGS refere que a Feira tinha 581 (sem alterações) e Oliveira de Azeméis 218 (sem alterações).

A página dedicada à evolução dos casos de COVID-19 por Concelho permite um acompanhamento desde os primeiros dados…

Publicado por Covid-19 by Crossroads em Domingo, 5 de julho de 2020

Artigos relacionados

Deixe uma resposta