ComunicadosPolítica

Revista “Ecossocialismo” apresentada no Museu

A apresentação da revista “Ecossocialismo”, dirigida por Rui Cortes, acontece esta quarta-feira, no Museu de Ovar, às 21 horas, com o director Rui Cortes e ainda Ismael Varanda, Pedro Soares e Silvia Carreira.

O que se pretende com esta revista?

Dar voz a todos aqueles que se revêm na convergência das múltiplas lutas sociais e ambientais, numa visão que não renega as lutas de classe e que vê no esgotamento dos recursos naturais pelas políticas neoliberais a expressão do capitalismo selvagem que é preciso combater.

Não nos revemos, assim, num ambientalismo politicamente inofensivo, mas sim na evidência da destruição do meio ambiente como consequência do capital. Mas também nada temos a ver o produtivismo de base soviética, afinal outro motor de repressão e desigualdades e insustentável ambientalmente.

A urgência desta Revista é evidente: as alterações climáticas são a consequência duma lógica de expansão infinita do capital, que transforma tudo em mercadoria desde a terra, a água até o ar que respiramos.

Naturalmente vamos divulgar textos teóricos nacionais e internacionais, mas também artigos de reflexão e de análise da situação política atual.

Como é bom de ver, estes objetivos tornam a Revista Ecossocialismo única no panorama das publicações existentes. E que falta faz…

Mas, por muito nobres que sejam os objetivos, a sua concretização apenas se realiza desde que possamos contar com a tua preciosa colaboração. Uma assinatura anual da Revista Ecossocialismo (publicação quadrimestral) fica em apenas 15 euros e garantirás a receção de cada número, em casa. Muito pouco para uma Revista que visa a formação teórica e a congregação de esforços pela consciencialização face a um sistema capitalista disruptor do equilíbrio ecológico e conducente à tragédia ambiental.

Rui Cortes, Director da Revista “Ecossocialismo”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo