Covid-19

Salvador Caetano inaugura fábrica de autocarros na China

O grupo Salvador Caetano (SC), que se tornou um conglomerado fabril a partir de uma aliança iniciada em Ovar com a japonesa Toyota, inaugura oficialmente, quarta-feira, na China a sua primeira fábrica na Ásia.

A base fabril, em aliança com um grupo local ligado à indústria automóvel, já iniciou a produção de autocarros especiais, nomeadamente para aeroportos.

Miguel Ramos, neto do fundador do grupo SC, testemunhará a saída do primeiro autocarro da fábrica de Dalian, no leste da China. A nova empresa resulta de uma parceria entre a SC Indústria e Brilliance Special Vehicles, que partilharam um investimento de oito milhões de euros.

A base ocupa mais de três hectares de área e arrancou em setembro com 55 empregados. Os promotores acreditam quem em 2015 a fábrica de autocarros fature 60 milhões de euros e ocupe, nessa altura, 250 pessoas. A formação dos quadros chineses decorreram em programas intensivos na sede da Salvador Caetano, em Gaia.

Com três linhas de produção que estarão instaladas até 2015, a nova unidade vai dedicar-se ao fabrico de autocarros para serviços especiais (aeroporto, escolar, dois pisos e urbano elétrico) destinado ao mercado asiático. A Coreia do Norte é um dos mercados que a base pretende atacar. A capacidade instalada será inicialmente de 150 unidades por ano e, em função da procura de mercado, poderá ser estendida até 300 unidades.

A SC Indústria exporta autocarros para a China há 23 anos, a partir da sua fábrica de Gaia. Mas a distância e os direitos de importação inviabilizam a expansão do negócio. A fábrica de Dalian receberá componentes portugueses.

José Ramos, presidente da SC Indústria, nota que este projeto "é o mais recente exemplo da capacidade do grupo exportar inovação, competência e know-how a uma escala global". A Salvador Caetano avalia a entrada no mercado da Colômbia, através da aquisição de um operador local.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo