EmpresasSlider

Salvador Malheiro consignou obra “fundamental e estruturante”

A Câmara Municipal de Ovar consignou esta quarta-feira, a empreitada de Reparação de Arruamentos da Zona Industrial de Ovar – Área de Acolhimento Empresarial, numa cerimónia pública que teve lugar na Praceta da Avenida 16 de Maio, junto à rotunda das Estátuas, em Ovar.

A execução desta obra representa um investimento global de 755.500 euros e contempla a repavimentação de todos os arruamentos e dos passeios, a implementação e melhoramento da rede de drenagem de águas pluviais, a colocação de sinalização rodoviária, e a construção de rede para passagem das infraestruturas de telecomunicações.

Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar, mostrou-se muito satisfeito com o arranque desta obra, garantindo que “hoje é um dia muito importante para o Município de Ovar e para os nossos empresários”.

O arranque desta obra, “fundamental e estruturante, é mais um passo no nosso objetivo de promover a economia local e para a consolidação do tecido empresarial robusto, industrializado e resiliente do nosso território”, afirmando que “é também exemplo da nossa aposta em zonas industrializadas e de fácil acesso, na medida em que contribui para a melhoria das acessibilidades de pessoas e bens e que contempla trabalhos, não só de betão, mas também a nível das telecomunicações.”

Por fim, o edil dirigindo-se particularmente aos empresários presentes, concluiu, falando em nome de todos: “Estamos muito satisfeitos e orgulhosos do vosso contributo para com o concelho de Ovar. O sucesso dos nossos empresários é o sucesso do Município de Ovar, e hoje demos mais um contributo para o desenvolvimento económico do concelho”.

Esta obra, repetiu, “enquadra-se no eixo estratégico de sermos vossos parceiros, a par de outras medidas municipais, como por exemplo, a isenção da aplicação da derrama, agilização dos processos de licenciamento industrial, o novo PDM (Plano Diretor Municipal), que prevê o alargamento das áreas empresariais, entre outras. Podem contar connosco, porque que já sentimos que convosco podemos contar.”

A obra conta com comparticipação no âmbito do Programa MaisCentro – Programa Operacional Regional do Centro, prevendo-se a sua cconclusão dentro de um prazo de execução de 365 dias.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo