Política

Salvador Malheiro: “Não houve descarga da Barrinha de Esmoriz”

 

Salvador Malheiro garante que “não existiu nenhuma descarga imprevista da Barrinha de Esmoriz, nem o escoamento de nenhuma fonte poluidora anormal para as nossas praias na última semana!”

O que aconteceu na semana passada, segundo o autarca, “foi a ocorrência de marés de microalgas, como aliás é habitual nesta altura do ano, (todos nós conhecemos este fenómeno) conferindo cor esverdeada e acastanhada às águas, com cheiro a lodo”. Nestas marés, acrescenta, “são deixadas películas de algas de consistência pegajosa na zona de espraiamento” e “limpá-las pela acção humana, envolveria grandes meios pelo que a estratégia é aguardar que o mar e a chuva as limpe”. E conclui: “Hoje há muito menos que no início da semana”.

Recorde-se que o BE de Ovar denunciou a existência de um “enorme lençol escuro, com mau cheiro, um lençol de detritos inaceitável nas praias de Cortegaça e Maceda”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta