LocalSlider

Segurança Social desmente informação adiantada pelo GACEMO

O Centro Distrital de Aveiro de Segurança Social não confirma a informação adiantada pelo GACEMO (Grupo de Apoio a Comerciantes e Empresários do Concelho de Ovar) de que o pagamento do segundo período Estado de Calamidade será inferior ao primeiro.

“De facto, a legislação aponta nesse sentido, mas o nosso director, Dr. Fernando Mendonça, está em contacto permanente com a Direcção Geral de Segurança Social, em Lisboa, no sentido de manter as mesmas regras de pagamento do primeiro período, ou seja, a 100 por cento”, explicou fonte da Segurança Social, lamentando “o alarme que se está a gerar com uma informação que, para já, não corresponde à verdade”.

A mesma fonte acrescenta que o regime de baixa médica seria o aplicável, “mas é consensual de que o Estado de Calamidade que vive o concelho de Ovar é uma situação excepcional que o Governo não deverá deixar de atender”.

Em contacto permanente com o Gabinete de Crise, esta tem sido uma questão muitas vezes levantada e “a resposta que temos dado é esta”.

Entretanto, está garantido que os pagamentos da Segurança Social do primeiro período serão feitos no dia 16 e os que não receberem neste dia, receberão no dia 28 próximo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta