CulturaSlider

Semana do Museu Júlio Dinis começa

A Câmara Municipal de Ovar vai promover a Semana do Museu Júlio Dinis, de 18 a 24 de maio. Durante esta semana irão decorrer várias iniciativas, entre as quais o “II Encontro Dinisiano”.

A celebração do 37º Aniversário do Dia Internacional dos Museus, 18 de maio, marca o início da Semana do Museu Júlio Dinis. No dia 18, as comemorações iniciam-se às 16 horas, no Museu Júlio Dinis, com uma leitura encenada da correspondência de Júlio Dinis (pseudónimo de Joaquim Guilherme Gomes Coelho), pela Companhia de Teatro Sol d’Alma – Associação de Teatro Amador, de seguida, pelas 16h15, irá ser inaugurada a exposição “Um Retrato de Júlio Dinis” e terminará com uma leitura encenada das cartas literárias de Diana de Aveleda (mais um dos pseudónimos de Joaquim Guilherme Gomes Coelho) pela Companhia de Teatro Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente de Ovar.

Nessa mesma semana, na quinta-feira, dia 22 de maio, pelas 21h30, decorre o “Quinta à Noite no Museu” com a exibição de “O Leopardo”, um filme de 1963, que conta a história do conturbado reinado de Francisco II, ao longo do processo de unificação dos estados autónomos que originaram o reino de Itália em 1870.

As iniciativas prosseguem com o “II Segundo Encontro Dinisiano”, no dia 24 de maio, que vai comemorar os 175 anos do nascimento de Joaquim Guilherme Gomes Coelho (Júlio Dinis).

Este encontro irá decorrer da parte da tarde, pelas 15 horas, no Museu Júlio Dinis e contará com intervenções de Inácio Nuno Pignatelli, Maria João Reynaud e Isabel Pires de Lima.

Ao longo da Semana do Museu Júlio Dinis, 18 a 24 de maio, ainda vai ser possível visitar o museu à noite, das 21h às 23 horas.

Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal de Ovar, com o apoio da Rede Museológica de Ovar, Câmaras Municipais do Porto, de Estarreja e de Sintra, Casa Museu Egas Moniz, Casa Museu de Leal da Câmara, Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Museu de História da Medicina Maximiano Lemos, Biblioteca Nacional de Portugal, Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro, Maternidade de Júlio Dinis e as Companhias de Teatro Sol d’Alma e Contacto.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo