Covid-19

Suécia disse adeus às restrições anticovid

Depois da Dinamarca, a Suécia também eliminou praticamente todas as restrições em vigor no país para conter a disseminação do coronavírus Sars-CoV-2.

A partir desta quarta-feira (09/02), bares e restaurantes não precisarão funcionar com horários restritos nem impor regras de distanciamento. O país também aboliu limites de pessoas em encontros e eventos. No transporte público, o uso de máscara não será mais obrigatório.

Para turistas europeus e viajantes suecos residentes fora do país não será mais necessário apresentar um teste negativo para a covid-19, nem comprovativo de vacinação ou de recuperação da doença causada pelo coronavírus para entrar na Suécia.

O levantamento das restrições anticovid já foi comemorado em discotecas em várias partes do país na madrugada desta quarta. Havia filas diante de alguns clubes por volta da meia-noite, mostrou TV sueca.

Fim dos testes em larga escala

A Suécia também pôs fim aos testes em larga escala para detecção da covid-19. A suspensão vale até mesmo para pessoas com sintomas de uma infecção, com o encerramento de centros móveis de testes, drive-in e testes entregues ao domicílio.

Embora a medida coloque o país escandinavo numa posição oposta à de muitos países europeus, alguns especialistas avaliam que essa pode ser uma tendência futura, uma vez que a testagem vem sendo vista como uma ferramenta que traz poucos benefícios com a variante omnicron, altamente contagiosa mas mais branda do que outras estirpes do coronavírus. Governos de vários países também já estão a considerar tratar a covid-19 como uma doença endémica.

Chegamos a um ponto em que o custo e a relevância da testagem não se justificam,” disse a diretora da Agência de Saúde Pública da Suécia (Folkhälsomyndigheten), Karin Tegmark Wisell, em entrevista à emissora pública.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo