LocalSlider

Válega sugere compra da Quinta da Misericórdia

A Junta de Freguesia de Válega apelou, esta semana, à requalificação do centro da vila, resolvendo a questão da Quinta do Cruzeiro (da Misericórdia) que deveria passar, por ora, pela aquisição da mesma à Santa Casa da Misericórdia de Ovar”.

Considerada um obstáculo ao desenvolvimento do centro valeguense, o presidente da Junta de Freguesia de Válega, Jaime Duarte de Almeida, e o tesoureiro, Raul Teixeira, voltaram ao assunto em reunião com o presidente da Câmara Municipal de Ovar sobre o ponto de situação dos projectos e obras em curso, no âmbito das Grandes Opções do Plano do ano de 2021.

Os dois alertaram o presidente da Câmara para outros problemas e/ou necessidades que são da responsabilidade do município e que carecem de resolução, como a requalificação do Pavilhão Gimnodesportivo de Válega, requalificação das pontes da Rua de Pintim e da Rua da Columbófila,
actualmente, interditas ao trânsito de pesados de passageiros e de mercadorias, implantação do Espaço de Actividades Económicas de Válega junto à saída da A29, requalificação da rede viária, designadamente, dos arruamentos que apresentam o piso em estado caótico e que são a Rua da Malta; Rua das Fontainhas; Rua de Real; Rua das Tomadias; Rua do Cadaval; Rua das Corgas; Rua da Fábrica, Rua Augusto Pinho dos Santos; Rua da Fonte da Bica; Rua da Ponte Pedra; Rua do Ferreiro; Rua das Canicinhas; Rua da Alçada; Rua de Carvalho de Baixo; Rua Evaristo da Silva Laranjeira; Rua Padre Domingos Reis; Rua do Cruzeiro; Rua das Pedreiras; Rua da Azenha; Rua do Patarrão; Rua Cónego Valente, Rua de Paçô, Rua de Pintim, Rua Monsenhor Miguel de Oliveira; Rua da Corga do Norte, Rua do Gorgulho e Rua da Gravila.

O presidente da Câmara Municipal, de Ovar, Salvador Malheiro informou que até ao final do presente ano serão pavimentados os seguintes arruamentos: Rua do Ferreiro; Rua das Canicinhas; Rua do Cruzeiro; Rua da Azenha; Rua do Gorgulho; Rua da Fonte da Bica e Rua da Fábrica. Em relação aos restantes assuntos expostos asseverou que a Autarquia está a par dos mesmos e que procurará encontrar soluções para os mesmos.

Jaime Almeida informou, entretanto, que a autarquia procedeu à pavimentação de acesso público a garagens localizado na intercessão a Rua dos Engenhos com a Rua da Ascenção, adjudicando os trabalhos à empresa MADP – Construções Unipessoal, Lda., pelo valor de 14950 € (catorze mil novecentos e cinquenta euros) acrescidos do Imposto sobre o Valor Acrescentado à taxa legal em vigor (6%).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta