Domingo , 24 Setembro 2017
Ler também:
A alimentação e o regresso às aulas – Cristiana Costa

A alimentação e o regresso às aulas – Cristiana Costa

Um novo ano letivo está à porta e com esta advém novas aventuras, descobertas, responsabilidades e muito estudo. Muitas crianças e adolescentes estão prestes a iniciar um ano letivo bastante importante para a sua carreira profissional, necessitando de equilíbrio e de um
bom estado físico e mental, de forma a atingirem os objetivos a que se propõem.

Uma alimentação saudável ajuda as crianças e adolescentes a atingirem o seu potencial para a aprendizagem e a terem um bom desempenho escolar, pois a nutrição afeta o seu desenvolvimento intelectual e consequentemente a capacidade de concentração, atenção, memorização e raciocínio.

Assim, é essencial que os pais/encarregados de educação, bem como as crianças e adolescentes, tenham consciência das orientações alimentares e dos alimentos que devem fazer parte do pequeno-almoço e lanches, de forma a otimizarem o seu aproveitamento escolar.

Recomendações-chaves:
– Nunca sair de casa sem tomar um pequeno-almoço completo e equilibrado;
– Não estar mais do que 3h30 sem comer – efetuando um pequeno lanche ao meio da manhã e um ou dois lanches durante a tarde;
– Incluir, no pequeno-almoço e lanches, alimentos nutricionalmente ricos, como pão de mistura/centeio/integral/trigo, cereais não açucarados ou aveia, leite e derivados (iogurte magro e queijo magro), fruta fresca e frutos gordos (nozes, avelãs amêndoa,…);
– Excluir alimentos com elevado teor de açúcar e gordura, como por exemplo leite achocolatado, bolachas, barras de cereais, batatas fritas, rebuçados e gomas, sumos e refrigerantes, entre outros.

Exemplo de um dia alimentar (no que diz respeito ao pequeno-almoço e lanches):
Pequeno-almoço: 1 chávena almoçadeira de leite magro/meio-gordo simples + 1 pão de mistura com 1 fatia de queijo magro

Lanche da manhã: 1 iogurte magro + 1 mão de frutos gordos
Lanche da tarde: 1 pão de centeio com 1 fatia fina de queijo + 1 peça de fruta

Não te esqueças, que aliado a estes cuidados alimentares é essencial a prática de atividade física e a ingestão de, pelo menos, 1,5L de água.

Cristiana Costa
Nutricionista (C.P. 3081N)

Deixe uma resposta