Domingo , 24 Junho 2018
Ler também:
Portugal com Andreia Norton num pódio histórico

Portugal com Andreia Norton num pódio histórico

Com Andreia Norton no onze, Portugal conquistou esta quarta-feira, pela primeira vez, um lugar no pódio da Algarve Cup de futebol feminino, ao vencer a Austrália, por 2-1, no encontro de atribuição do terceiro lugar.

No Estádio Municipal de Albufeira, Nádia Gomes (38 minutos) e Vanessa Marques (56) marcaram para Portugal, com Caytlin Cooper (45+3) a fazer o golo da Austrália, que ainda desperdiçou uma grande penalidade aos 85.

Portugal conseguiu a sua melhor prestação no torneio algarvio, depois de terem terminado no quinto lugar em 1994, na primeira das 25 edições da Algarve Cup, em que apenas participavam seis equipes.

A equipa de Portugal contou com Inês Pereira, Ana Borges, Raquel Infante (Sílvia Rebelo), Carole Costa, Mónica Mendes (Matilde Fidalgo, 46), Tatiana Pinto, Dolores Silva, Andreia Norton, Vanessa Marques, Nádia Gomes (Jéssica Silva, 46), Laura Luís (Diana Silva, 46).

Crescimento

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) registrou 8.721 atletas federadas em futebol e futsal, na época de 2017/2018, um crescimento significativo face aos últimos 20 anos. Depois da conquista do terceiro lugar na Algarve Cup, a FPF revelou os números que reflectem a realidade do actual panorama desportivo.

O número mostra um grande crescimento face a épocas anteriores, em comparação com as 2.407 atletas em 1997/98 ou as 5.911 no final de 2007/08. Na nota, a FPF revela que estes dados “deixam um lastro de esperança” para o futuro e que são o ‘rosto’ da aposta que tem sido feita nesta área.

“Numa altura em que as equipas femininas da FPF se projectam para outros patamares e legitimam a forte aposta que se tem feito nos últimos anos, este crescimento sustentado em factos é mais um motivo para continuar a quebrar barreiras e bater recordes”.

A Federação aproveitou o dia internacional da mulher para divulgar estes números e reforçar a igualdade de género como uma das “bandeiras da FPF”.

Deixe uma resposta