CulturaPrimeira Vista

Aos 91 anos, morreu António Soares Maganinho

A companha do Senhora da Graça continua hoje a ser uma referência icónica entre as embarcações da Arte Xávega na praia do Furadouro e não só.

O seu proprietário foi o banheiro, concessionário e arrais. António Soares Maganinho cedo se instalou na praia do Furadouro e foi investindo na manutenção de sucessivas gerações do barco mantendo-lhe o mesmo nome: Senhora da Graça, dignificando-o e com ele elevando o nome da praia do Furadouro.

O primeiro Senhora da Graça representou a Arte Xávega e Ovar na EXPO’98 e foi, posteriormente, doado ao Município de Ovar para fins Museológicos em 1998.

O segundo barco desta geração está exposto no Museu Marítimo de Ílhavo doado por António Maganinho para toda a gente ver.

António Soares Maganinho faleceu aos 91 anos. Recordamos aqui, muito possivelmente, o seu último acto público, na inauguração do seu barco na rotunda do Furadouro.

Dia do Município devolveu Senhora da Graça ao Furadouro

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo