Cultura

Envolvimento da comunidade antecipa celebração reiseira

Para o trimestre de outubro a dezembro, a Câmara Municipal de Ovar volta a apostar na diversificação de espetáculos culturais que vão dos concertos ao teatro, passando pelos festivais locais e pela dança, com forte componente de interação com o público, nesta nova fase que pretende trazer alguma liberdade à cultura e aos agentes culturais.

Numa clara e progressiva recuperação da normalidade, o Município de Ovar aposta, igualmente, na dinamização dos agentes culturais locais, promovendo a transversalidade artística, qualidade e a valorização e promoção dos agentes locais, artistas, associações, grupos ou coletividades. Desta forma, ainda no decorrer do mês de outubro, o Centro de Arte de Ovar acolhe grandes espetáculos e concertos locais, como o “Festovar”, dia 9, e o “ComCordas”, a 24 de outubro.

A reposição do espectáculo multidisciplinar e de envolvimento da comunidade “Troupe António Dias Simões”, a 29 de outubro, marca já o início do trabalho de celebração da tradição “reiseira” e a valorização do valor patrimonial do Cantar os Reis em Ovar.

Também a dança estará em evidência em novembro com o regresso do Caixa de Dança – Festival de Dança de Ovar, programado para 6 a 21 de novembro. Este é um festival que engloba grandes produções nacionais e bailarinos e agentes locais, em momentos de criação coreográfica de interação com o público em Ovar.

O Museu Júlio Dinis continuará a promover o ciclo de concertos criativos e intimistas “Sozinho em Casa”, bem como a tertúlia “Há Bola no Museu – Às três na Oliveirinha” e antecipa-se o Fim de Semana Gastronómico “À mesa com Júlio Dinis” de 11 a 13 de novembro, naquele que pretende ser um encontro literário à mesa. Também o Museu Escolar Oliveira Lopes, a Escola de Artes e Ofícios e a Biblioteca Municipal de Ovar, enquadrados no âmbito do programa EIXO ǀ Aprendizagem Criativa continuarão com a sua dinâmica, numa estratégia de descentralização, com exposições, cinema, concertos em formato reduzido, oficinas artísticas, em diferentes formatos e para todos os públicos.

Esta agenda cultural deixa uma nota final para o “Ovar Natal & Reis”, um período de celebração a reter entre 8 de dezembro e 8 de janeiro, cujo programa será apresentado em breve.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta