Política

Esmoriz: Stop vai agir judicialmente contras as escolas

Branca Dias é professora e passou a delegada sindical. Desde então diz-se vítima de intimidação: “Se há um pequeno atraso porque vou à reprografia, marcam-me logo uma falta; sempre que faço greve, sou chamada à direção e gritam comigo; ameaçam mexer na minha matriz [curricular] para me tirarem carga horária se eu não conseguir cumprir as aprendizagens essenciais”

O Sindicato de Todos os Profissionais de Educação (Stop) anunciou esta quinta-feira em Esmoriz, no concelho de Ovar, que vai avançar com ações judiciais contra as escolas que estão a perseguir e a assediar os seus delegados sindicais.

Ler artigo:

Artigo Agência Lusa via CNN

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

https://casino-portugal-pt.com/
Botão Voltar ao Topo