LocalSlider

Estação de Esmoriz alvo de negociação entre autarquia e Refer

A empresa Infraestruturas de Portugal, IP, assegura que “a Estação Ferroviária de Esmoriz irá manter-se em funcionamento e continuarão a ser assegurados os actuais serviços aos utilizadores”. E mais não disse, mas o nosso jornal sabe que a IP pretende mesmo reduzir ao mínimo o número de funcionários, a partir do próximo dia 15 de Janeiro, uma medida que só não avança já porque a Câmara Municipal de Ovar e a Junta de Freguesia de Esmoriz pediram mais esclarecimentos sobre o assunto e mostraram-se disponíveis para negociar uma solução.

Em comunicado, a Junta de Freguesia de Esmoriz diz que, “não obstante as informações serem oficiosas, não deixamos de estar bastante preocupados pois as fontes são bastante próximas das Infraestruturas de Portugal”.

No seguimento desta noticia, “e porque se deve evitar a especulação, a Junta de Freguesia de Esmoriz e a Camara Municipal de Ovar questionaram as Infraestruturas de Portugal acerca da sua veracidade, ficando a aguardar resposta oficial desta entidade, em função da qual reagiremos adequadamente”.

As negociações deverão iniciar-se na próxima semana e, segundo conseguimos apurar, será em função destas que se decidirá o futuro dos recursos humanos da Estação de Esmoriz que tinham a Estação de Aveiro como destino.

Entretanto, estas modificações não interferirão com os horários e a própria circulação ferroviária que decorrerá de acordo com os padrões da normalidade. (Foto: Pedalonacidade)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo