LocalSlider

PJ detém empresário de Ovar por abuso sexual e pornografia de menores

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um empresário, de 58 anos, de Ovar, por suspeita de ter incentivado um menor a enviar-lhe fotos em tronco nu, informou em comunicado.

A PJ esclarece que o homem foi detido pela presumível autoria de crimes de perseguição, abuso sexual de crianças e pornografia de menores, ocorridos desde junho do ano passado, com utilização de plataformas informáticas.

“A investigação teve início numa denúncia apresentada pelos progenitores da criança pelo facto de esta estar a ser perseguida e coagida por um indivíduo com quem se relacionou através das redes sociais”, refere a mesma nota.

Os investigadores apuraram que o menor, quando tinha apenas 13 anos, foi abordado nas redes sociais pelo arguido que o incentivou a enviar-lhe “imagens desnudado”, o que acabou por fazer. Posteriormente, este indivíduo terá submetido o menor à visualização do próprio em actos sexuais.

Actualmente, ainda de acordo com a PJ, o arguido “vinha pressionando o menor e ameaçando-o com a exposição das imagens que este lhe tinha enviado”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta